Dogmático Algo para não ser levado a sério

6Out/110

Pessoas são como grupos sanguíneos

Existe todo tipo de pessoa no mundo. Tem gente legal, gente muito legal! E tem gente chata, nossa, como são chatas! Pessoas são como grupos sanguíneos. Principalmente quando se trata de relacionamentos.

Eu, por exemplo, sou o tipo mais comum, mais mediocre, o tipo que se encontra por aí: O+. Ou seja, consigo fazer troca, de sangue, com 4 tipos de pessoas. Vejam a tabelinha. Tem todo tipo de sangue, tem os que só se misturam com um tipo, e os que se misturam com todos os tipos.

E assim são as pessoas. No quesito relacionamento, tem gente que é fácil, gente que é do tipo AB+, consegue estar com qualquer tipo de pessoa, que vai se dar bem. Nunca vai pressionar, questionar. Acho que esse tipo de pessoa, são as que casam fácil. Sabe aquele tipo de garota linda, meiga, que está sempre sorrindo? Não importa o lugar que esteja, o que esteja fazendo. Aquele tipo de garota que a gente vê junto a um cara com camiseta de time de futebol. A menina está ali, toda bem vestida, e o cara é facilmente confundido com alguém que a está assaltando. Tem gente que aceita tudo, sempre está de bem, ao menos externamente parece. Internamente, é outra coisa.

E tem as pessoas O-, no sangue, são os doadores universais. Sabe o tipo de pessoa que se joga no relacionamento? É o tipo de pessoa que assusta, quer atenção, quer ensianar e salvar a vida da pessoa que está ao seu lado. Mas esse tipo de pessoa não ouve, não entende que tem que aprender. Então fica difícil, são pessoa que se acham demais, espertas demais, bonitas demais. Nunca vão achar que o outro está a altura.

E tem as pessoas, ditas “normais”, que se relacionam melhores com umas ou outras pessoas.
Tem casais que combinam e casais que não combinam, certo? Coloque duas pessoas sague quente em um namoro, vai sair morte. Coloque duas pessoas muito calmas num namoro, elas vão morrer de tédio. Mas tme gnte que insiste em se envolver com o tipo de pessoa que não combina.

Não tem jeito, a gente nasceu de um jeito, mudar é quase impossível. Você não gosta de sair, não gosta de música, não gosta de andar, pra que vai se envolver com alguém que gosta dessas coisas?

Acredito sim que pessoas são feitas uma para outra. Não sou tolo de acreditar que cada um tenha apenas uma pessoa no mundo. Acho que podemos combinar com diversas pessoas. Mas também não vamos dar certo com diversas outras. Acho tolice tentar insistir em relacionamentos que não vão dar certo. É como receber um tipo de sangue incompatível com o seu, só vai te prejudicar.

A metáfora é bem simples, e bem tosca, mas acho que pode ser válida. Tentar fazer um teste do “tipo sanguíneo” antes de se envolver profundamente com alguém, é sempre aconselhável. Saia, veja se está dando certo, se os humores combinam. Se tudo estiver andando bem, se jogue e seja feliz.